Open/Close Menu Hipnose e Hipnoterapia em Criciúma, Içara, Araranguá, Urussanga e região

Considerado um dos males mais comuns de nosso tempo, a depressão ainda gera dúvidas e até mesmo preconceito. Isso acontece porque muitas pessoas demoram a identificar os sintomas, confundindo as diferenças no comportamento com reações normais da vida.

O fato é que hoje existe muito mais informação a respeito, bem como opções de tratamentos. Entre as possibilidades está a hipnose clínica. A técnica, reconhecida pela área médica, tem obtido resultados positivos e em menos tempo na comparação com outras intervenções. No entanto, como sempre digo, é preciso uma primeira consulta para avaliar de que forma o método será aplicado durante o tratamento.

Afinal, o que é depressão?

Antes de abordar um pouco mais sobre tratamentos e a hipnose clínica vou apresentar uma breve explicação sobre depressão. Vários fatores podem levar uma pessoa a desenvolver a patologia, como genética e condições externas adversas (mortes na família, por exemplo). Ainda não está muito claro como ela surge, mas o fato é que se trata de um problema químico no cérebro.

Portanto, uma pessoa deprimida apresenta um comprometimento na atividade cerebral, causada pelos neurotransmissores que não conseguem executar sua função como deveria. Por isso não se trata simplesmente de uma condição psicológica, mas patológica.

Sempre destaco que é preciso tomar cuidado para não confundir depressão com tristeza. Para diferenciar uma da outra, podemos dizer que a pessoa triste, permanece dessa forma por um tempo determinado. Já na depressão a sensação não passa e ainda pode vir acompanhada de outras como o desanimo e o desinteresse por qualquer coisa.

A depressão é uma patologia incapacitante e afeta as relações sociais e profissionais. Por isso é preciso identificá-la o quanto antes.

Esse mal tem tratamento?

A depressão pode ser tratada de diversas formas. Em muitos casos é preciso até o uso de medicamentos. Mas, se a patologia está no início, a terapia pode ser o suficiente.

Como qualquer outro mal, o tratamento da depressão e o tempo de tratamento vão depender do estágio da patologia e do paciente. Em casos mais graves será preciso ainda o apoio de toda a família, pois muitas vezes a pessoa deprimida se recusa a cumprir a orientação médica.

Dificilmente uma pessoa vai conseguir se tratar sem ajuda profissional e por isso é interessante conhecer todas as possibilidades de tratamento. A hipnose clínica é um exemplo. Mesmo que a indicação seja o medicamento, ela pode ser um coadjuvante bastante eficaz.

A hipnose clínica pode ajudar no tratamento!

Como expliquei a hipnose clínica pode ser uma importante aliada no tratamento da depressão. A técnica que hoje é reconhecida pelos profissionais da área médica e têm obtido bons resultados, não possui contra indicação. Portanto, pode ser utilizada em todos os quadros da patologia, do moderado ao crônico.

A hipnose clínica é um método no qual o hipnoterapeuta acessa o inconsciente do paciente em um estado modificado da consciência, como o sono, proporcionando alterações importantes na percepção, de acordo com o que ele precisa. É totalmente seguro e as mudanças podem ser sentidas já nas primeiras sessões.

A duração do tratamento de hipnose clínica vai depender de cada caso, mas no geral, costuma ser mais rápida em comparação a outros métodos terapêuticos como a psicoterapia, por exemplo.

A depressão é uma patologia que deve ser encarada com seriedade, pois modifica não só a vida da pessoa como a de todos ao seu redor. Portanto, ao menor sinal, procure um profissional e inicie o tratamento mais adequado, lembrando que a hipnose clínica pode ser bastante eficiente.

CategoryHipnoterapia

Todos os direitos reservados Proibida a cópia sem autorização